You are currently browsing the category archive for the ‘Competências infocomunicacionais’ category.

Bibliotecas, arquivos e comunicação em tempos digitais.  Boas reflexões!

Anúncios

O Grupo de Estudos de Políticas de Informação, Comunicações e Conhecimento (Gepicc) vem desenvolvendo pesquisas desde 1995, inicialmente sobre regulação de infra-estruturas, tecnologias, produtos e serviços de informação e comunicações. Incluídos nesta temática estão estudos principalmente sobre políticas de informação e comunicações; democratização da informação, das comunicações e da cultura; economia política da comunicação; Sociedade da informação. Sobre esta temática seus participantes apresentaram em eventos científicos e publicaram em revistas acadêmicas, capítulos de coletâneas e livros, dezenas de trabalhos.

Os enfoques predominantes nesta produção intelectual são democracia, cidadania e participação social, sempre vinculados às tecnologias de informação e comunicação. Na medida em que novas configurações tecnológicas, econômicas e políticas se estabeleceram, particularmente no início do século XXI, o grupo ampliou suas áreas de interesse e passou a abranger outras áreas de estudo, com destaque para: inclusão e letramento digital; competências infocomunicacionais; governo eletrônico; mídias contemporâneas e cultura digital; democracia digital. Mais recentemente o Gepicc vem se preparando para direcionar sua atenção também para o campo das políticas, estratégias e gestão de documentos, da informação e do conhecimento, notadamente em aspectos como: inovações tecnológicas e gerenciais e suas consequências políticas, econômicas e sociais; propriedade intelectual; informação, conhecimento e inovação; processos de geração, gestão, difusão, uso, segurança e preservação da informação em ambientes digitais; gestão dos ativos intangíveis,  aprendizagem organizacional e redes sociais. Suas pesquisas envolvem, além de pesquisadores permanentes, doutorandos, mestrandos e bolsistas de Iniciação Científica.

Site do Gepicc

Seminário Competências Infocomunicacionais e Participação Social

Resumo: Em ritmo crescente, pessoas e organizações valem-se de recursos disponíveis no – ou acessáveis a partir do – ambiente digital para resolver questões de seu interesse. Isto exige a mobilização de competências para procurar e trocar informações, e também para interagir com outras pessoas nesses ambientes. Neste artigo, a partir de revisão de literatura, empreende-se uma discussão que tem como alvo: 1) a terminologia em torno do conceito de competências infocomunicacionais; 2) o próprio conceito; 3) uma proposta inicial para relacionar as competências inerentes ao ambiente digital. Considera-se que podem ser organizadas em termos de competências operacionais, competências em informação e competências em comunicação.
Palavras-chave: Competências infocomunicacionais; Competências em informação; Competências em comunicação; Ambientes digitais; Internet.

Artigo completo